Em meio à crise

Em meio à crise

Piumhi, 24 de Junho de 2020
Por isso não desfalecemos; mas, ainda que o nosso homem exterior se corrompa,
o interior, contudo, se renova de dia em dia. Porque a nossa leve e momentânea
tribulação produz para nós um peso eterno de glória mui excelente; Não
atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que
se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas. 2 Coríntios 4:16-18
Aos amados irmãos em Cristo e companheiros na obra missionária;
Primeiramente louvamos ao Senhor por Sua infinita misericórdia que nos
sustenta até aqui e, de coração, agradecemos aos irmãos pela fidelidade,
mesmo em meio a crise, de nos apoiar em oração e em nosso sustento.
Pela primeira vez, em 14 anos de ministério missionário, não temos muitas
notícias para dar, pois, devido a pandemia do coronavirus, como vocês
mesmo estão vivendo, praticamente TUDO o que planejamos fazer nos
últimos meses, como evangelismo nas escolas, conferência missionária, encontro de casais e um evangelismo
intensivo no bairro com a ajuda de um irmão norte-americano, foi cancelado… Foram tempos diferentes, mas

nos quais pudemos ver as mãos do Soberano Senhor sobre nossas vidas e a vida de nossa igreja, sustentando-
nos e guiando.

Do dia 18 de março ao dia 22 de maio ficamos sem os cultos presenciais e tivemos que nos adaptar a
mensagens online pelo Facebook e Youtube, reuniões por meio de aplicativos e aconselhamento pelo celular
ou WhatsApp. Alguns dias foram bem ruins devido a distância dos nossos queridos irmãos. Também
conseguimos manter nossos compromissos financeiros e o sustento das cinco famílias de missionários que
apoiamos. Em relação ao vírus, até o momento em que esta carta é escrita, foram 16 casos confirmados em
Piumhi e uma morte. De nossa igreja ou pessoas conhecidas, não tivemos ninguém infectado, graças a Deus.
Porém, graças ao bondoso Deus, no dia 23 de maio, devido ao novo decreto na cidade, e seguindo todas as
orientações de segurança, retomamos os cultos presenciais no prédio da Igreja Batista Nova Esperança e tem
sido uma grande bênção. Os irmãos estão firmes, um ou outro visitante tem chegado aos cultos, temos nos
fortalecido nas orações, no estudo e aprendizado da Palavra e, aos poucos, vamos nos reestruturando a nova
realidade do mundo e aos desafios que virão pela frente. Inclusive, na EBD temos estudado o livro
“Coronavirus e Cristo” do pastor John Piper.
Durante a pandemia perdemos uma família de 5 pessoas que estava frequentando e tiveram que mudar de
cidade devido ao fechamento de seu negócio e mais um membro ativo da igreja que mudou-se devido a uma
nova oportunidade de trabalho, porém, além desses, ninguém se perdeu e, pós os primeiros dias de dúvidas e
incertezas, todos voltaram e, graças a Deus, estão firmes em Cristo e compromissados com a igreja. Nossa
oração agora é por sabedoria para encontrarmos novos e eficientes meios de evangelismo para alcançarmos
mais pessoas com o evangelho de Cristo. Por enquanto, vamos entregando folhetos em cada oportunidade
possível e, através dos meus livros sobre videogames e fé cristã, temos alcançado pessoas que, de outras
formas, jamais imaginei, em vários lugares do Brasil e do mundo.
Ainda existe a incerteza em relação ao vírus; os números de infectados tem aumentado na cidade e o de mortes
no estado, os decretos mudam rapidamente e não sabemos até quando poderemos nos
reunir. Mas temos preparado a igreja e oramos para que o Senhor nos permita continuar
trabalhando pelo crescimento do Seu reino.
Deus tem colocado pessoas em nossas vidas para auxiliarmos e Débora tem feito um
excelente trabalho com as crianças, ensinando a Palavra de Deus através das histórias e de
trabalhos manuais – como o livro sobre a vida de Esaú e Jacó na foto ao lado – e, na medida do
possível, temos apoiado nossas igrejas irmãs em Vargem Bonita, São Roque de Minas e
Passos e assim, pela graça do Senhor, vamos servindo em tempos de pandemia.

Contamos com as orações dos irmãos por nossa família e saibam que sempre oramos por vocês. Sei que várias
igrejas que nos sustentam estão passando por situações bem mais difíceis. Continuem firmes! Nosso Senhor
nos sustentará e cumprirá seus propósitos em nós e através de nós neste período.
Despedimo-nos com gratidão em nossos corações,
No amor de Cristo,
Pr. Luiz Miguel, Débora, Agnes, Annelise e Luigi

Deixe uma resposta